Pages

domingo, 26 de dezembro de 2010

No love, no glory

Eu já não estava controlando minhas mãos, por estar chorando demais,
adorava, quando era só nós dois, e não tinha mais ninguém aqui,
me perdoe se eu estraguei tudo, o nosso lugar , mas se tudo o que você disse
não cabia mais em mim, alguma coisa eu tinha que fazer.

E se realmente tudo se esvair ou, a real culpa não foi minha , eu apenas
me baseei em você, em tudo o que você me disse, agora vejo
que eram apenas mentiras , mentiras nos seus olhos, mentira na sua boca,
mentira em sua posse, que não era prazerosa , nunca foi.

Tudo o que eu senti em tão pouco tempo, foi a coisa mais alucinante ,
verdadeira e derradeira que eu jamais havia expriementado, você tirou minhas
experiências de uma forma tão sorrateira que isso irá me marcar para sempre.

Tão quão, não vou esquecer , o seu olhar ,
que foi para ela, o mesmo que foi pra mim ,
com uma diferença, eu que inventei.

2 manifestação (ões):

Fabio Fraga disse...

Mercúrio, vem cá, pra eu te amar!

Venha embaraçar meus olhos,
Venoso vem até mim,
Vem me encher de sonhos,
Vem me fazer feliz.

Fecho meus olhos
Te imagino comigo,
Abro-os e vejo:
Estás aqui!
Vejo que estás,
A cuidar de mim,
Estás a me amar assim.

Venoso,...
Vem cá,...
Eu estou pronto,...
Pra te amar.

Vem [es]correndo,
Vem me ajudar,
Que eu estou doido,
Pra te amar.

Venoso,...
Vem cá,...
Eu estou pronto,...
Pra te amar.

Vem e se faz presente,
Me faz contente,
E vamos lá,
Que estou doido,
Pra te amar.

Venoso,...
Vem cá,...
Eu estou pronto,...
Pra te amar.

Leonardo do Teentreter

[[[Abraços e se possível me visite também....]]]

ρσєтα υяbαиσ disse...

Hoje a desilusão é um fato anjo ...
Quem quer algo sério em pleno século XXI, as pessoas nem sabem o que querem, não amam, mentem, iludem com destreza, para satisfazer o ego e a vaidade dizem que amam, se enganam duas vezes, uma por dizer que ama, e a outra por mentir a si mesmos .

Postar um comentário