Pages

domingo, 18 de abril de 2010

Ne me juge pas


"Não me julgue".

Se certas pessoas lerem isso poderiam até me chamar de hipócrita. (!)
Mas, antes de mais nada, olhe-se no espelho; enxergas teus defeitos ?
ou só vê tua beleza, ou alguma anomalia estética? , se julgue antes que alguém fazer isso por você.

Não estou defendendo pessoas que julgam outras, eu nos últimos tempos, fiz isso mais do que ninguém, mas não eu sozinha (por Deus, não estou querendo livrar minha culpa), fiz com ajuda das próprias pessoas 'julgadas'.

Pessoas que posso citar os nomes que não mericia o que eu fiz, outra , declaro publicamente que não me arrependo de uma palavra dita (que eu disse, que outros disseram).

Temos defeitos, qualidades, que cabe á nós conhecer,querer esconder, ou exibi-las ao mundo; eu (!) exibi coisas particulares de pessoas , que eram de seu íntimo , mas, eu não sou Deus; então... como que eu sabia de tantas coisas ? telepatia? psicografia? também, não, não sou Chico Xavier,
essas ditas pessoas que abriram suas vidas anônimamente, para vixtribute ás expor.
E depois, queriam me julgar/acusar, alegando eu estar julgando elas.
Sinceramente, acho que não, elas mesmos fizeram as próprias covas, covas razas.

O seu espelho quebrou , com o reflexo da sua personalidade vulgar. :*

2 manifestação (ões):

Hannah disse...

falsa moralista eim?

Viviane Vaz disse...

SDBADIYGIA, como disse pra não lembro quem; as únicas pessoas que ficaram com 'raiva', foi as mais hipócritas, e que provavelmente mandou coisinhas pra lá; e que no mínimo, falaram muita verdade.

Postar um comentário